Notícias
MPE/TO - Inscreva-se para seminário que discutirá alienação parental
Encontram-se abertas as inscrições para o seminário “Desafios da Prevenção e Combate à Alienação Parental”, que será promovido pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pela seccional tocantinense do Instituto Brasileiro de Direito da Família (IBDFAM) no dia 28 de setembro, nos períodos da manhã e tarde, em Palmas, com possibilidade de participação presencial e a distância.

O seminário terá carga horária de sete horas e será composto por três palestras, proferidas por duas especialistas da área de Direito e uma doutora em Psicologia.
O evento tem como público-alvo membros, servidores e estagiários do Ministério Público, membros do IBDFAM, instituições parceiras, conselheiros tutelares, comunidade escolar e docentes e alunos do Ensino Superior.

Inscrições

O pessoal de Palmas interessado em participar presencialmente deve solicitar inscrição pelo endereço eletrônicocesaf.mpto.mp.br/eventos, enquanto o pessoal do interior deve se inscrever em http://eadcesaf.mpto.mp.br. Estão abertas 200 vagas para a modalidade presencial e 300 para a de Ensino a Distância (EaD).

Alienação parental

A alienação parental ocorre quando os casais não conseguem resolver seus conflitos amigavelmente, envolvendo os filhos e levando-os a tomar partido por um dos pais e a se colocar contra o outro. Os novos arranjos familiares e a prática do divórcio estaria contribuindo para o crescimento dos casos de alienação parental.

PALESTRANTES

– Líbera Copetti de Moura Pereira: Graduada em Direito, especialista em Direito de Família em Sucessões, especialista em Direito Civil e Processual Civil, e mestranda em Responsabilidade Civil pela Universidade de Girona/Espanha. Foi vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM) e membro da Sociedade Internacional de Direito de Família.

– Sandra Maria Baccara Araújo: graduada em Psicologia, mestra em Psicologia e doutora em Psicologia. Especialista em Psicologia Clínica (CFP), em Psicoterapia Infantil e do Adolescente e em Psicoterapia Conjugal e Familiar. Psicoterapeuta familiar, conjugal e de adulto. Professora universitária aposentada. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Clínica e Psicologia Jurídica, atuando principalmente nos seguintes temas: função paterna, família, alienação parental.
– Patrícia Pimentel de Oliveira Chambers Ramos: graduada em Direito, mestra em Direito e possui especialização no Atendimento a Crianças Vitimas de Violência. Doutoranda em Direito Penal (UERJ). Atualmente é diretora pedagógica da Escola Nacional do Ministério Público (ENAMP), subcoordenadora do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do Ministério Publico do Rio de Janeiro, coordenadora da Pós-Graduação em Direito da Criança e do Adolescente do Instituto de Educação e Pesquisa do Ministério Público do Rio de Janeiro e titular da Promotoria de Justiça junto à 1ª Vara Criminal de Madureira.
NOTA DE RESPONSABILIDADE:
As notícias aqui veiculadas visam unicamente transmitir informações oriundas das fontes indicadas. A Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (ARPEN-RS) se exime e não assume qualquer responsabilidade pelo teor do conteúdo publicado, posto que as publicações explanadas não representam necessariamente o posicionamento da diretoria desta Associação. Os assuntos ora veiculados, são de responsabilidade única e exclusiva de quem os subscrevem.
Espaço do Associado
Entrar


ARPEN-RS - Rua Cel. Genuíno, 421 - Sala 302 - 3º andar - Centro Histórico - 90010-350 - Porto Alegre - RS - Telefone e Fax: (51) 3225-6428 - arpenrs@arpenrs.com.br