Notícias
Clipping – G1 - Aumento no número de uniões homoafetivas alavanca setor de casamentos, dizem empresários
A Expocasório, em Belo Horizonte, terá estandes dedicados a este público. De 2013 a 2015, os casamentos de pessoas do mesmo sexo aumentaram 51,7%.
Bacana que os dois noivos já saem prontos daqui”, disse o empresário Armando Ziller, dono de uma loja especializada em ternos de Belo Horizonte. De acordo com ele, 35% dos seus clientes são de casais homoafetivos. “Houve um aumento expressivo deste público. São de seis a oito casamentos por mês que a gente faz por aqui”, contou Ziller.

Esta procura pode ser justificada pelo crescimento do número de casamentos de pessoas do mesmo sexo no Brasil, segundo representantes do setor. De 2013 a 2015, estas uniões aumentaram 51,7%.

Philipe Santos e Thales Delgado Diniz vão se casar em 2019 e pretendem desembolsar mais de R$ 120 mil na festa. "Serão 450 convidados. Vai ter DJ, banda, orquestra, tudo o que a gente tem direito", disse Thales.

O próprio noivo, que é músico e cerimonialista, já ajudou a realizar várias cerimônias homoafetivas. "Tem aumentado bastante a procura. As pessoas estão ficando mais à vontade para comemorar a união", contou ele. "É uma festa que celebra o amor entre duas pessoas. Todos nós merecemos isso. Celebrar junto com nossas famílias e amigos", falou Philipe.

Paul Purcino e Jefferson dos Anjos vão se casar neste mês de agosto após três anos de relacionamento. Eles decidiram por uma cerimônia pequena, com 100 convidados, em um bistrô de Belo Horizonte. A celebração deve sair em torno de R$ 60 mil.

"A nossa ideia sempre foi disseminar o amor. A tolerância ao amor. A festa é só uma consequência", disse Jefferson. "Mas vai ter um coral, banda. E a gente apostou em fornecedores também da comunidade LGBT para girar esta engrenagem de mercado mesmo", contou ele.

Mercado
O aumento do número de casamentos de pessoas do mesmo sexo também se reflete na Expocasório, uma das maiores feiras de casamento no país, que acontece em Belo Horizonte a partir desta sexta-feira (17). Um dos atrativos deste ano é a presença de profissionais especializados em organizar casamentos homoafetivos.

Outro indicativo de crescimento deste mercado é o aumento do número de estandes dedicados a moda masculina. Ele passou de sete no ano passado para 14 nesta edição. “O público homossexual tem alavancado o setor”, disse o organizador do evento, Uriel Pinheiro.

De acordo com Armando Ziller, o preço médio do aluguel dos ternos em sua loja sai por R$ 450. Já os feitos sob encomenda podem custar R$ 1,2 mil. O azul-marinho e o smoking são tendências muito procuradas, segundo ele.

A expectativa é que a feira movimente R$ 3 milhões durante o evento e outros R$ 15 milhões em contratos que serão fechados após sua realização. “O setor de casamentos nunca fica em crise. Ele registrou um aumento de 20% ano passado no Brasil. E Belo Horizonte é uma cidade que tem vocação para organizar este tipo de festa”, disse Pinheiro.

Além dos ternos, vestidos dos mais variados modelos e preços podem ser encontrados na feira. O mais caro deles custa R$ 13 mil. A expectativa é que cerca de cinco mil noivos e noivas visitem o Expominas, na Gameleira, na Região Oeste da cidade, entre os dias 17 e 19 de agosto. O público total estimado – entre pais, mães e padrinhos dos “pombinhos” – pode chegar a 20 mil pessoas.

Quem for ao local ainda vai poder conferir mais de 40 serviços diferentes em 150 estandes. Dia da noiva, decoração, convites, acessórios, buffet, buquês, cerimoniais, fotografias, filmagens, lembrancinhas, corais e até coach de emagrecimento fazem parte das ofertas.

10ª Expocasório
Local: Expominas – Belo Horizonte/MG
Av. Amazonas, 6030 - Gameleira Belo Horizonte - MG, 30510-000
Data: 17, 18 e 19 de agosto de 2018
Sexta e Sábado: 14h às 22h / Domingo: 14h às 20h
Valor do ingresso: R$20,00 - Compra antecipada pelo site ou na hora na portaria do evento.

Fonte: G1

NOTA DE RESPONSABILIDADE:
As notícias aqui veiculadas visam unicamente transmitir informações oriundas das fontes indicadas. A Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (ARPEN-RS) se exime e não assume qualquer responsabilidade pelo teor do conteúdo publicado, posto que as publicações explanadas não representam necessariamente o posicionamento da diretoria desta Associação. Os assuntos ora veiculados, são de responsabilidade única e exclusiva de quem os subscrevem.
Espaço do Associado
Entrar


ARPEN-RS - Rua Cel. Genuíno, 421 - Sala 302 - 3º andar - Centro Histórico - 90010-350 - Porto Alegre - RS - Telefone e Fax: (51) 3225-6428 - arpenrs@arpenrs.com.br